Get access

Seasonal Habitat Use of Agoutis (Dasyprocta azarae) is Driven by the Palm Attalea phalerata in Brazilian Pantanal

Authors

  • Bruno Cid,

    1. Laboratório de Ecologia e Conservação de Populações, Departamento de Ecologia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brazil
    Search for more papers by this author
  • Luiz Gustavo R. Oliveira-Santos,

    Corresponding author
    1. Wildlife Department, EMBRAPA PANTANAL - Brazilian Agricultural Research Corporation, Corumbá, MS, Brazil
    • Laboratório de Ecologia e Conservação de Populações, Departamento de Ecologia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brazil
    Search for more papers by this author
  • Guilherme Mourão

    1. Wildlife Department, EMBRAPA PANTANAL - Brazilian Agricultural Research Corporation, Corumbá, MS, Brazil
    Search for more papers by this author

Corresponding author: e-mail: gu_tapirus@hotmail.com

Abstract

Resource availability can influence animal movement causing changes in home-range size and arrangement between seasons. We investigated the influence of acuri palm (Attalea phalerata) on the occupancy of agouti Dasyprocta azare during both the dry and rainy seasons, as well as the abandonment probabilities in the transition between seasons in the Brazilian Pantanal. The agoutis occupied a high proportion of the forested areas in the rainy season (0.83), but the occupancy decreased in the dry season (0.39). In the rainy season, occupancy by agoutis was not correlated with acuri palm availability, while in the dry season, it was positively correlated with the palm's availability. The acuri palm availability also drove the agoutis' probability of site abandonment from the rainy to the dry season, with higher abandonment probability in sites with low acuri palm availability. These findings show that this large-seeded palm can be an important resource for the agoutis' populations during the fruit-scarcity period. The acuri palm seeds may be particularly important for agoutis using fragmented forests, given that the large-seeded palms are able to persist even in small fragments, which is untrue for other important resource.

Resumo

A disponibilidade de alimentos pode influenciar a movimentação animal causando mudanças no tamanho das áreas de vida dos indivíduos e em seu arranjo entre estações. Nós investigamos a influência da palmeira acuri (Attalea phalerata) na ocupação da cutia Dasyprocta azarae durante as estações chuvosa e seca, assim como nas probabilidades de abandono na transição entre essas duas estações no Pantanal brasileiro. As cutias ocuparam uma alta proporção das áreas florestadas na estação chuvosa (0,83), mas a ocupação diminuiu na estação seca (0,39). Na estação chuvosa, a ocupação das cutias não foi correlacionada com a disponibilidade de acuri, enquanto na estação seca foi positivamente correlacionada com a disponibilidade da palmeira. A disponibilidade do acuri também conduziu a probabilidade de abandono das cutias da estação chuvosa para a estação seca, com uma maior probabilidade de abandono em locais com baixa disponibilidade de acuri. Esses resultados mostram que palmeiras de sementes grandes podem ser um importante recurso para as populações de cutias durante o período de escassez de frutos. Os frutos do acuri podem ser particularmente importantes para cutias que habitam florestas fragmentadas, levando-se em consideração que algumas populações de palmeiras de sementes grandes podem persistir em fragmentos pequenos, o que não é verdade para outros recursos importantes.

Ancillary