SEARCH

SEARCH BY CITATION

References

  • 1
    Victora CG, Barreto ML, do Carmo Leal M et al. Health conditions and health-policy innovations in Brazil: the way forward. Lancet Brazil Series Working Group. Lancet 2011; 377: 20422053.
  • 2
    Monteiro CA, Benicio MH, Conde WL et al. Narrowing socioeconomic inequality in child stunting: the Brazilian experience, 1974–2007. Bull World Health Organ 2010; 88: 305311.
  • 3
    Schmidt MI, Duncan BB, Menezes AM et al. Chronic non-communicable diseases in Brazil: burden and current challenges. Lancet 2011; 377: 19491961.
  • 4
    Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa de orçamentos familiares 2008–2009: antropometria e estado nutricional de crianças, adolescentes e adultos no Brasil. Rio de Janeiro: IBGE, 2010. [WWW document]. URL http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/pof/2008_2009_encaa/pof_20082009_encaa.pdf (accessed 22 May 2013).
  • 5
    Bahia L, Coutinho ES, Barufaldi LA et al. The costs of overweight and obesity-related diseases in the Brazilian public health system: cross-sectional study. BMC Public Health 2012; 12: 440.
  • 6
    Paim J, Travassos C, Almeida C et al. The Brazilian health system: history, advances, and challenges. Lancet Brazil Series Working Group. Lancet 2011; 377: 17781797.
  • 7
    Brasil. Ministério da Saúde. Portaria n°710, de 10 de junho de 1999. Aprova a Política Nacional de Alimentação e Nutrição e dá outras providências. Diário Oficial da União 1999; 14 junho 1999. [WWW document]. URL http://portal.anvisa.gov.br/wps/wcm/connect/52666f00474581288d6bdd3fbc4c6735/PORTARIA_710_1999.pdf?MOD=AJPERES (accessed 22 May 2013).
  • 8
    World Health Organization. Global strategy on diet, physical activity and health. Geneva: WHO, 2004.
  • 9
    Brasil. Ministério da Saúde. Portaria n°2715 MS/GM, de 17 de novembro de 2011 – Atualiza a Política Nacional de Alimentação e Nutrição. Brasília: Ministério da Saúde, 2011. [WWW document]. URL http://189.28.128.100/nutricao/docs/geral/pnan2011.pdf (accessed 17 March 2013).
  • 10
    Jaime PC, Silva ACF, Lima AMC, Bortolini GA. Ações de alimentação e nutrição na atenção básica: a experiência de organização no Governo Brasileiro/Food and nutrition actions in primary health care: the experience of the Brazilian government. Rev Nutr 2011; 24: 809824.
  • 11
    Coitinho D, Monteiro CA, Popkin BM. What Brazil is doing to promote healthy diets and active lifestyles. Public Health Nutr 2002; 5: 263268.
  • 12
    Nilson EAF, Jaime PC, Resende DO. Iniciativas desenvolvidas no Brasil para a redução do teor de sódio em alimentos processados/Initiatives developed in Brazil to reduce sodium contente of processed foods. Rev Panam Salud Publ 2012; 34: 287292.
  • 13
    Brazil. Ministry of Health. Health Surveillance Secretariat. Health Situation Analysis Department. Strategic action plan to tackle non-communicable diseases (NCD) in Brazil 2011–2022. Brasília: Ministry of Health, 2011.
  • 14
    Cecchini M, Sassi F, Lauer JA, Lee YY, Guajardo-Barron V, Chisholm D. Tackling of unhealthy diets, physical inactivity, and obesity: health effects and cost-effectiveness. Lancet 2010; 376: 17751784.
  • 15
    Brasil. Decreto N°6.273, de 23 de novembro de 2007. Cria, no âmbito do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional – SISAN, a Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional. Diário Oficial da União. 26 novembro 2007. [WWW document]. URL http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/Decreto/D6273.htm (accessed 22 May 2013).
  • 16
    Brasil. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Marco de referencia de educação alimentar e nutricional para as políticas públicas. Brasília; MDS: Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, 2012. 68p.
  • 17
    Brasil. Lei no. 11.947, de 16 de junho de 2009. Dispõe sobre o atendimento da alimentação escolar e do Programa Dinheiro Direto na Escola aos alunos da educação básica; altera as Leis nos. 10.880, de 9 de junho de 2004, 11.273, de 6 de fevereiro de 2006, 11.507, de 20 de julho de 2007; revoga dispositivos da Medida Provisória no. 2.178-36, de 24 de agosto de 2001, e a Lei no. 8.913, de 12 de julho de 1994; e dá outras providências. Diário Oficial da União. 13 junho 2009. [WWW document]. URL http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2009/lei/l11947.htm (accessed 22 May 2013).
  • 18
    World Health Organization. Schools for Health, Education and Development: A Call for Action. Geneva: WHO, 2007.
  • 19
    Brasil. Presidência da República. Decreto n°6.286, de 5 de dezembro de 2007. Institui o Programa Saúde na Escola – PSE, e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa. 2007. [WWW document]. URL http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/decreto/d6286.htm (accessed 22 May 2013).
  • 20
    Brasil. Ministério da Saúde. Portaria n°2488 MS/GM, de 21 de outubro de 2011 – Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes e normas para a organização da atenção básica, para a Estratégia Saúde da Família (ESF) e o Programa de Agentes Comunitários de Saúde (ACS). Brasília: Ministério da Saúde. 2011. [WWW document]. URL http://dab.saude.gov.br/portaldab/pnab.php (accessed 17 March 2013).
  • 21
    Brasil. Ministério da Saúde. Portaria n°424, DE 19 de março de 2013. Redefine as diretrizes para a organização da prevenção e do tratamento do sobrepeso e obesidade como linha de cuidado prioritária da Rede de Atenção à Saúde das Pessoas com Doenças Crônicas. Diário Oficial da União, 20 março 2013. [WWW document]. URL http://sintse.tse.jus.br/documentos/2013/Mar/20/portaria-no-424-de-19-de-marco-de-2013-redefine-as (accessed 22 May 2013).
  • 22
    Coutinho JG, Cardoso AJC, Toral N et al. A organização da Vigilância Alimentar e Nutricional no Sistema Único de Saúde: histórico e desafios atuais. Rev Bras Epidemiol 2009; 12: 688699.
  • 23
    Brasil. Ministério da Saúde. Guia alimentar para crianças menores de dois anos. Brasília: Ministério da Saúde, 2002.
  • 24
    Brasil. Ministério da Saúde. Guia alimentar para a população brasileira: promovendo a alimentação saudável. Brasília: Ministério da Saúde, 2006.
  • 25
    Monteiro CA. Nutrition and health. The issue is not food, nor nutrients, so much as processing (Invited commentary). Public Health Nutr 2009; 12: 729731.
  • 26
    Monteiro CA, Levy RB, Claro RM, Castro IRR, Cannon G. A new classification of foods based on the extent and purpose of the processing. Cad Saúde Pública 2010; 26: 20392049.
  • 27
    Moodie R, Stuckler D, Monteiro C et al. Profits and pandemics: prevention of harmful effects of tobacco, alcohol, and ultra-processed food and drink industries. Lancet 2013; 381: 670679. Published Online February 12, 2013 – doi: 10.1016/S0140-6736(12)62089-3.
  • 28
    Vitolo MR, Bortolini GA, Campagnolo PDB, Hoffman DJ. Maternal dietary counseling reduces consumption of energy-dense foods among infants: a randomized controlled trial. J Nutr Educ Behav 2012; 44: 140147.
  • 29
    Katzmarzyk PT, Church TS, Janssen I, Ross R, Blair SN. Metabolic syndrome, obesity, and mortality: impact of cardiorespiratory fitness. Diabetes Care 2005; 28: 391397.
  • 30
    Hallal PC, Tenório MCM, Tassitano RM et al. Evaluation of the Academia da Cidade program to promote physical activity in Recife, Pernambuco State, Brazil: perceptions of users and non-users. Cad Saúde Pública 2010; 26: 7078.
  • 31
    Brasil. Lei n°11.265, de 3 de janeiro de 2006. Regulamenta a comercialização de alimentos para lactentes e crianças de primeira infância e também a de produtos de puericultura correlatos. Diário Oficial da União. 2006. [WWW document]. URL http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2006/Lei/L11265.htm (accessed 17 March 2013).
  • 32
    World Health Organization. WHO Set of Recommendations on the Marketing of Foods and Non-Alcoholic Beverages to Children. Geneva: WHO, 2010. [WWW document]. URL http://www.who.int/dietphysicalactivity/publications/recsmarketing/en/index.html (acessed 17 March 2013).
  • 33
    Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Resolução RDC n°24, de 29 de junho de 2010. Resolução da Diretoria Colegiada a qual dispõe sobre a oferta, propaganda, publicidade, informação e outras práticas correlatas cujo objetivo seja a divulgação e a promoção comercial de alimentos considerados com quantidades elevadas de açúcar, de gordura saturada, de gordura trans, de sódio, e de bebidas com baixo teor nutricional. Brasília: Anvisa, 2010. [WWW document]. URL http://189.28.128.100/nutricao/docs/legislacao/resolucao_rdc24_29_06_2010.pdf (accessed 22 May 2013).
  • 34
    Burlandy L. A atuação da sociedade civil na construção do campo da Alimentação e Nutrição no Brasil: elementos para reflexão/The role of civil society in building the field of Food and Nutrition in Brazil: elements for reflection. Ciênc Saúde Coletiva 2011; 16: 6372.
  • 35
    Brasil, Lei N°11.346, de 15 de setembro de 2006. Cria o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional – SISAN com vistas em assegurar o direito humano à alimentação adequada e dá outras providências. Diário Oficial da União, 18 junho 2006. [WWW document]. URL http://www4.planalto.gov.br/consea/legislacao/lei-no-11-346-de-15-de-setembro-de-2006 (accessed 22 May 2013).
  • 36
    Silva FB, Jaccoud L, Beghin N. Políticas sociais no Brasil: participação social, conselhos e parcerias. In: Jaccoud L (ed.). Questão social e políticas sociais no Brasil contemporâneo. IPEA: Brasília, 2005, pp. 373407.